Principais Causas da Impotência – Como Tratar e Reverter os Sintomas!

São diversas as causas da impotência, mas podem ser classificados em 2 grandes categorias: as orgânicas e psicológicas.

principais causas da impotência sexual

Causas orgânicas:

Muitos especialistas especularam sobre as causas da impotência, mas sem resultados igualitários. A única proposta unificada dos especialistas é que a impotência é uma manifestação no desempenho sexual, atribuindo a esta categoria de deficiência.

As causas da impotência, como dissemos, podem ser orgânicas ou psicológicas, isto demonstra que a sexologia é uma disciplina multifacetada, em que você pode tentar em seus aspectos mentais, até seus aspectos fisiológicos.

Assim será, pois, um urologista sempre virá às suas sabedorias e apelará para que a deficiência se refere a temas orgânicos, enquanto que um psicólogo o atribuirá a problemas mentais (ambos especialistas esquecerão o outro aspecto, sobre todo o psicólogo, pois é claro que a impotência significa que, além de os “traumas” mental –se é que os há-, o sangue não consiga preencher os vasos do pênis, ou seja, pode ser que o paciente só precisa equilibrar a sua dieta para que suas veias não estão mais obstruídas e possa circular o sangue livremente).

Lembre-se que os problemas podem ser desde uma má dieta, até problemas circulatórios e/ou hormonais.

Graças às novas tecnologias e novos saberes é que hoje podemos encontrar novas razões orgânicas da impotência, coisa que antes não se podiam atribuir pois não foi revelado. Mas voltamos a repetir, nunca se deve deixar de lado os aspectos psicológicos, pois nenhum é mais importante do que o outro. Ambos os fatores são importantes na hora do diagnóstico da disfunção erétil.

Estudos comprovam que muitas plantas medicinais podem ajudar a acabar com a impotência sexual, essas ervas são utilizadas há milhares de anos por povos indígenas.

Causas neurológicas que podem causar a deficiência erétil:

  • Lesões Corticais: Epilepsia do lobo temporal, Derrames cerebrais
  • Lesões cerebrais: Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson
  • Lesões Medulares: Esclerose múltipla, Siringomielia, Traumatismos medulares, Tabes dorsal.
  • Lesões dos nervos periféricos: Neurite por avitaminosos B, Polineuropatías diabéticas, Simpactectomías, Cirurgias e traumatismos.

Causas Vasculares

  • Lesões cardíacas centrais: Doença cardíaca congestiva, Doença da artéria coronária
  • Lesões arteriais: Aterosclerose aortoiliaca, Síndrome do roubo pélvico, lesões traumáticas ou inflamatórias das artérias hipogástricas, fístulas arteriovenosas, microangiopatia diabética.
  • Lesões venosas: Vazamento venosas e anomalias da rede venosa genital.

Causas endócrinas e metabólicas:

DIABETES MELLITUS: Cerca de 15% das pessoas diabéticas entre 30 e 40 anos têm problemas de impotência, mas com a idade de 60 anos, o percentual sobe para 55%. Isso é causado geralmente pela aterosclerose e arteriosclerose diabética, a qual prejudica diretamente os nervos autônomos parasimpaticos sacros, que rodeiam os órgãos genitais, torrado como também a microangiopatia das arteríolas genitais.

  • Doenças hipotálamo-hipofisários: Hipopituarismo, Hiperprolactinemia, Tumores do crescimento (gh)
  • Alterações gonadales: Hipogonadismo primário, Tumores das células intersticiais
  • Alterações de rodapé: Síndrome de Cushing,Tumor feminizantes,Insuficiência adrenocortical
  • Alterações da tireoide: Hipertireoidismo, Hipotireoidismo
  • Infecções: Cistite, prostatite, uretrite, etc.
  • Doenças sistêmicas: Insuficiência Renal, Cirrose hepática, Neoplasias